Apenas 30% dos municípios brasileiros cumprem lei e realizam plano de saneamento básico

No Brasil, o acesso aos serviços de saneamento básico ainda é um enorme desafio a ser enfrentado. Dados de 2015 publicados no Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS) mostram que cerca de 34 milhões de brasileiros não possuem acesso à água potável, mais de 100 milhões de pessoas – quase metade da população – não tem acesso à coleta de esgoto. O portal, ligado ao Ministério das Cidades, indica ainda que somente 42% destes esgotos produzidos são tratados. Em 2007, após a promulgação da Lei 11.445, conhecida como Marco…

Compartilhar:
Leia mais

Real enfraquecido leva a queda dos preços do açúcar no mundo, aponta FAO

Os preços globais dos alimentos caíram em outubro deste ano, chegando a um índice 27% abaixo da máxima registrada para o mês, em 2011. O cálculo é da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), que atribui a queda de 1,3% na comparação com setembro a oscilações do setor de laticínios. A agência da ONU citou ainda o enfraquecimento do real brasileiro como uma das causas da queda no preço mundial do açúcar. O índice de preços para os laticínios registrou uma redução de 4,2% em…

Compartilhar:
Leia mais

Sarney Filho promete reforçar atuação no Amazonas após ataque de garimpeiros

O ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho, declarou que o governo dará uma resposta dura a quem afrontar as ações do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio). No dia 27 de outubro, garimpeiros atearam fogo à sede e também em veículos do Ibama e do ICMBio, em Humaitá, no sul do Amazonas, forçando os técnicos a saírem escoltados pela polícia para fora da região. “São reações inaceitáveis à presença do Estado. E ao contrário do…

Compartilhar:
Leia mais

Municípios das calhas do Juruá, Purus e Madeira saem da “Situação de Alerta e Atenção”

A Defesa Civil do Amazonas retirou hoje, 06, da “Situação de Alerta e Atenção”, 11 municípios das calhas do Juruá, Purus e Madeira, que estavam em análise hidro meteorológica, por conta da estiagem. “Considerando as informações climatológicas e hidrológicas, apresentadas pelos órgãos oficiais de monitoramento como SIPAM e CPRM, e ainda o aumento gradativo das precipitações em todo o Estado do Amazonas e consequente recuperação do nível dos rios, retiramos os municípios do Alerta e Atenção, já que pelos dados, não haverá evolução do cenário de estiagem este ano”, explicou…

Compartilhar:
Leia mais