Força de Intervenção Penitenciária permanece em Alcaçuz por mais 90 dias

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Torquato Jardim, autorizou a permanência da Força-tarefa de Intervenção Penitenciária (FTIP), em Natal (RN), por mais 90 dias. A manutenção do grupo na Penitenciária Estadual de Alcaçuz está definida na Portaria nº 596, publicada no Diário Oficial da União desta quarta-feira.

A permanência foi solicitada pelo governador Robinson Faria para que o Estado tenha tempo para realizar concurso e formação de agentes penitenciários. Os integrantes da Força-tarefa do Departamento Penitenciário Nacional (Depen) exercem atividades de guarda, vigilância e custódia de presos especificamente em Alcaçuz.

Os agentes estão atuando na penitenciária desde 26 de janeiro, após brigas entre facções rivais que destruíram os pavilhões e deixaram pelo menos 26 presos mortos. A atuação em Alcaçuz é a primeira experiência da Força de Intervenção Penitenciária. O grupo é composto por agentes penitenciários cedidos por estados e também pelo Depen.

Fonte: Ministério da Justiça

Compartilhar:

Notícias Relecionadas

Deixe um Comentário